sábado, 25 de junho de 2011

Caixinha de Jóias


Me lembro quando era menina
Eu tinha uma caixinha de jóias
Para aquelas que só usava em momentos especiais

Lembro-me de que o fato
de possuir algo especial, precioso
me fazia sentir rica

Hoje guardo em mim
tudo que me faz especial, preciosa
Músicas, livros, amizades que me
enriquecem

Descubro assim na vida tesouros
de valores inestimáveis
Que não cabe mais numa caixinha
Sou agora como um baú aberto
para ser contemplado por quem o achar.


Meus sonhos feitos de cartas de baralho
Tentando fazer com elas um castelo
Grandes expectativas em algo tão frágil
Desmoradas pelo vento que ainda insiste em soprar.

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Faithful

There's distance in the air
And I cannot make it leave
I wave my arms `round about me
And blow with all my might

I cannot sense you close
Though I know you're always here
But the comfort of you near
Is what I long for

When I can't feel you
I have learned to reach out just the same
When I can't hear you
I know you still hear every word I pray
And I want you
More than I want to live another day
And as I wait for you
Maybe I'm made more faithful

All the folly of the past
Though I know it is undone
I still feel the guilty one
Still trying to make it right

So I whisper soft your name
And let it roll around my tongue
Knowing you're the only one who knows me
You know me

Show me how I should live this
Show me where I should walk
I count this world as loss to me
You are all I want
You are all I want video

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Do caos formou-se o Paraíso...o vento está soprando!

Eu sabia que as coisas não estavam bem
Mas eu estava disposta a tentar
Sim, as pessoas que realmente me conhecem
viram a minha diferença
Sim, Deus viu a minha luta
E quando você tocou na minha ferida
Deus me encheu do Seu amor

Você jogou a pedra em mim
Mas o Senhor se levantou e estendeu Sua mão
E eu a segurei
E não vou largar

Não existe fim
Existe um novo começo
Como está sendo bom recomeçar
Espero que pra você também

O que falam de mim
Já não me importa mais
Porque Deus me disse
Eu te amo e isso é
o que importa.

quarta-feira, 27 de abril de 2011

Menina dos Seus Olhos

Que menina é essa?
De sonhos distantes e vento no cabelo
Com o olhar perdido
À procura de quem ela já conheceu

Foram as lágrimas que encharcaram seu coração
Levando pra longe a alegria de ser
a menina dos Seus olhos

Porque com ela? Porque não ela?
Todo mundo merece um momento de paz
Ela quer o mundo

Presa em seu limitado corpo
Anseia a liberdade passageira
se esqueceu do Amor que bailava com ela

Corre menina para encontrar Aquele que é seu
Deite em Seu colo e descanse
Deixe Ele afagar seus cabelos
Entregue-se menina, sem medo
e seja livre para sempre.

sexta-feira, 18 de março de 2011

ainda achados...

vai mais outra...

Pintura

Misturo as cores
Num arco-íris sem fim
Deslizando o pincel

Na tela em branco
Pinto meus pensamentos
Inspirada estou

Faço a linha do horizonte
Firme e forte
Pronta para ser atravessada

Mãos à obra
Desfile de cores e tom
expressando claramente
Meu espírito meu guia
Autor de minhas artes

Passam as horas
E finalmente acabo
Dom divino, sonho realizado

Achados...

No meio de vários papéis da facul, eis que surge algo inesperado! Poesias que escrevi quando tinha 16 anos e morava em Manaus, que escrevi num surto de inspiração(?)...hihihi

Natureza

Correm os rios
Voam os pássaros
Sopra o vento

Numa interminável coreografia
Complementando a vida
Harmonia astral!

Destruíram o verde!
Surge o cinza
Acaba-se o arco-íris

A natureza grita
Sufocada morre
Vira adubo
Encontra neste um meio
Retorna à vida!
Volta mais verde
mais colorida